Fandom

Desventuras em Série Wiki

Quem poderia ser a uma hora dessas?

487 pages em
Este wiki
Adicione uma página
Discussão0 Compartilhar
Metade_Inacabada_do_Hospital_Heimlich.PNG
Este artigo é um esboço!
Ele ainda não foi terminado, assim como a metade inacabada do Hospital Heimlich. Você pode compartilhar o seu conhecimento expandindo-o.
Quem poderia ser a uma hora dessas?.jpg
Quem poderia ser a uma hora dessas?
Informações do livro
Série

Só Perguntas Erradas

Autor

Lemony Snicket

Ilustrador

Seth

Tradutor

André Czarnobai

Editora

Companhia das Letras

Lançamento

25/10/2012

Páginas

240

ISBN

9788565765046

.

Quem poderia ser a uma hora dessas? é o primeiro livro da série Só Perguntas Erradas, escrito por Lemony Snicket.

Sinopse Editar

O livro começa com Lemony Snicket, um garoto de doze anos, indo até um café com seus supostos pais. A sua instrutora entra e lhe passa um bilhete sobre como encontrá-la. Lemony vai ao banheiro, e usa uma escada, que ele tinha deixado lá antes, pulando pela janela para um beco, onde esperava o carro esportivo de sua instrutora, S. Theodora Markson. Eles vão até um pequeno vilarejo chamado Manchado-pelo-mar, onde Snicket irá começar seu aprendizado na investigação do furto de uma estatueta. Ele e Theodora são convidados à Mansão Sallis, onde conhecem sua cliente, a sra. Murphy Sallis, uma idosa que mora com seu mordomo na mansão parcialmente vazia. Ela menciona que sua Fera Ressonante, uma estatueta de madeira, do tamanho de uma garrafa, havia sido roubada. Ela diz que a estátua é muito preciosa e que pagaria bem pelo serviço, e faz Theodora e Snicket prometerem que serão discretos quanto ao nome Sallis e que devolverão a estátua ao seu legítimo proprietário. Sra. Sallis ainda complementa que sabe que foi a família Mallahan que roubou a estatueta. Theodora fica empolgada sabendo que a cliente havia dito quem era o culpado, e eles decidiram continuar investigando.

Quando eles chegam ao Farol Mallahan, fingem ser fascinados por faróis e o sr. Mallahan os convida para entrar. Enquanto Theodora conversa com ele, Snicket conhece uma garota de mais ou menos sua idade, Moxie Mallahan, uma jornalista amadora que é filha do sr. Mallahan. Snicket pergunta a Moxie sobre uma estatueta da Fera Ressonante, e prontamente ela o conduz ao topo do farol. Lá, ele vê e reconhece a estatueta coberta de pó, aparentemente intocada por muito tempo. Moxie diz que é apenas uma bugiganga velha, deixando-o mais confuso. Theodora o chama para descer, e eles vão embora.

Eles então chegam ao hotel Braços Perdidos, que é propriedade de um homem magro chamado Próspero Perdido. Eles se hospedam na Suíte Extremo Oriente, que é horrível. Theodora não queria ser distraída, então Lemony vai à biblioteca da cidade, onde conhece Dashiell Qwerty, um sub-bibliotecário. Snicket pergunta sobre lendas locais, querendo saber mais sobre a Fera Ressonante, e Qwerty começa a falar sobre Sally Murphy, uma atriz que era considerada uma lenda do teatro. Depois que Snicket se explica, Qwerty o conduz até os livros de mitologia, onde lê que a Fera Ressonante é descrita como uma espécie de cavalo-marinho que ressoava enquanto comia carne humana. Sua pesquisa é interrompida por Stew Mitchum, um menino que quase lhe acerta uma pedra com o estilingue. Assim que Qwerty expulsa Stew, Lemony faz um pedido de livro, que na verdade era uma mensagem secreta: "Desculpe, mas não posso encontrá-la no chafariz", dirigida a sua aliada.

Quando ele chega ao Braços Perdidos, vê os dois únicos policiais de Manchado-pelo-mar, Harvey e Mimi Mitchum, pais de Stew. Eles relatam que um poste foi vandalizado. Lemony responde que foi Stew, mas os policiais não acreditam nele. Depois que eles vão embora, Theodora conta que fez um plano para resgatar a estatueta à meia-noite, avisando que ele deve encontrá-la no farol. Lemony toma um táxi, dos irmãos Pecuchet e Bouvard Belerofonte (Juca e Chico), e vai para o farol.

Ele chega no farol, onde é surpreendido por Moxie. Eles leem até meia-noite, quando Lemony deve resgatar a estatueta. Ele consegue e esconde a Fera Ressonante em seu casaco, e ele, junto com Theodora, se seguram na boça, uma espécie de cabo, que liga a Mansão Sallis ao farol. Enquanto se esgueiram até lá, Snicket percebe a luz do carro de polícia dos Mitchum ao longe, e cai sobre uma árvore, onde é visto por Ellington Feint. Eles discutem no chalé onde Ellington mora sozinha, e ela conta que está procurando pistas sobre o paradeiro de seu pai, que foi sequestrado por um homem chamado Tiro Furado. Eles são achados pelos policiais, que procuravam a estatueta roubada do Farol Mallahan. Ellington rapidamente embrulha a Fera Ressonante e diz que vai enviar para o Braços Perdidos. Snicket concorda e distrai os policiais para Ellington colocar a estatueta no correio. Lemony volta para dormir no hotel, e Theodora lhe dá uma bronca por ele ter se soltado do cabo e arruinado o plano de devolver a Fera Ressonante para a sra. Sallis. Ele diz para ela que a estatueta está a salvo e deverá chegar pelo correio em breve.

No dia seguinte, Snicket descobre na biblioteca a resposta de sua aliada: "Não se preocupe, tiro as medidas sozinhas". Ele manda outra mensagem codificada mandando ela ser cuidadosa.

Snicket vai então até a Colina dos Lenços, onde fica o chalé de Ellington. Lá, ele encontra apenas Moxie. Ela diz que recebeu uma ligação de Lemony dizendo para ir até o chalé, mas ele não tinha ligado. Eles descobrem que Ellington na verdade não mandou a Fera Ressonante para o Braços Perdidos, e sim para um local chamado Café Gato Negro. Nisso, Lemony e Moxie ouvem gritos vindos da direção da Mansão Sallis e correm até lá para ver o que está acontecendo. Eles encontram a sra. Murphy Sallis amarrada no porão, que estava inundando. Eles conseguem salvá-la da água, e Moxie reconhece que ela na verdade é Sally Murphy, a famosa atriz local. Quando Sally Murphy é desmascarada, fica furiosa e os expulsa da mansão.

Snicket supõe que só podia ser Tiro Furado, o mesmo homem que sequestrou o pai de Ellington, que devia ter armado para conseguir a estatueta da Fera Ressonante, e tentou tirar Sally Murphy do caminho. Mais tarde, Snicket reencontra Ellington no Café Gato Negro. Ela lhe conta que a estatueta era importante para Tiro Furado, então ela levaria a ele, e em troca, ele deixaria seu pai livre. Snicket argumenta que prometeu devolver a estatueta a seu legítimo dono, que era ninguém mais que a família Mallahan. Eles pegam a estatueta escondida e, juntamente com Theodora, Lemony a devolve para Moxie no Farol Mallahan. Porém, quando Moxie desembrulha o pacote, se depara apenas com um saco de café, e eles veem Ellington correndo, ao longe, com a Fera Ressonante nas mãos.

O livro termina com Lemony participando do aniversário de seu amigo Hector. Lemony lembra que o mordomo da suposta sra. Sallis sabia imitar perfeitamente o canto dos pássaros, e percebe que ele era Tiro Furado. Tiro Furado era quem ligou para Moxie fingindo a voz de Lemony anteriormente, porque ele possuía a habilidade de imitar a voz das pessoas. Finalmente, é revelada a identidade da aliada para quem Lemony havia enviado mensagens: era Kit Snicket, sua irmã.

Personagens Editar

Personagens introduzidos Editar

Curiosidades Editar

  • O sobrenome dos irmãos Belerofonte é referência ao herói grego de mesmo nome, conhecido por ter domado o grande cavalo alado Pégaso.
  • Bouvard e Pecuchet, o nome dos irmãos Belerofonte, é uma referência ao livro de nome Bouvard e Pecuchet de Gustave Flaubert.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Mais da comunidade Wikia

Wiki aleatória