Wikia

Desventuras em Série Wiki

Mau Começo

Discussão0
432 pages em
Este wiki
Mau Começo.jpg
Mau Começo
Informações do livro
Série

Desventuras em Série

Autor

Lemony Snicket

Ilustrador

Brett Helquist

Tradutor

Carlos Sussekind

Editora

Companhia das Letras

Lançamento

09/03/2001

Páginas

152

ISBN

9788535900941

.

Mau Começo é o primeiro livro da série Desventuras em Série, escrito por Lemony Snicket.

Sinopse Editar

O livro começa com os irmãos Baudelaire, Violet, Klaus e Sunny, desfrutando de um dia escuro e nebuloso na Praia de Sal, quando surge o sr. Poe, um banqueiro e amigo da família, e conta aos irmãos a notícias de que os seus pais, sr. e sra. Baudelaire, acabaram de morrer em um incêndio que destruiu toda a casa deles. O sr. Poe é o executor da fortuna Baudelaire, e é sua responsabilidade colocar os irmãos (agora órfãos) sob os cuidados de um tutor e cuidar do dinheiro da família até que Violet, a mais velha, faça aniversário de dezoito anos e herde a fortuna Baudelaire.

Os órfãos são retirados da praia e passam a viver com o sr. Poe, sua mulher Polly, e filhos Edgar e Alberto. Num almoço, o sr. Poe avisa os órfãos de que ele irá levá-los para a casa de um tutor apropriado. O tutor em questão é o conde Olaf, um parente distante que ganha a vida como ator teatral na cidade. Após almoçarem, o sr. Poe leva-os de carro para a casa do conde. No caminho, eles encontram a amistosa Juíza Strauss e confundem a casa de seu novo tutor com a casa dela, até juíza anunciar que é meramente sua vizinha. Mesmo assim, Juíza Strauss diz que os Baudelaire serão bem-vindos em sua casa a qualquer hora.

Quando eles se encontram o conde Olaf, no entanto, descobrem que ele é um homem cruel e imundo que vive em um "castelo" caindo aos pedaços. Conde Olaf tem uma tatuagem estranha de um olho em seu tornozelo esquerdo e uma única sobrancelha acima dos olhos, mas o mais importante, ele só adotou os Baudelaire porque estava tentando tomar posse da fortuna Baudelaire. Ele ordena aos órfãos que realizem inúmeras tarefas (algumas inúteis) no dia-a-dia, enquanto ele fica trabalhando o dia inteiro. As crianças são levadas até um minúsculo quartinho para dormirem, com somente uma cama para os três e uma pilha de pedras para se "divertirem". Todo dia quando Olaf saía para trabalhar, deixava um recado com uma série de duras tarefas, como repintar a varanda e consertar as janelas, e não permitia que os órfãos entrassem seu quarto secreto localizado na torre.

Certo dia, o conde Olaf manda-os prepararem um jantar pois sua trupe teatral viria lhe visitar. Sem os ingredientes ou sequer habilidades na cozinha, eles pedem para a vizinha Juíza Strauss acompanhá-los ao mercado. Com a pequena quantia de dinheiro deixada por Olaf, eles são capazes de comprar os ingredientes necessários para fazer um macarrão ao molho puttanesca, uma receita que encontraram na biblioteca da casa da juíza. À noite, os Baudelaire são apresentados à trupe teatral do conde Olaf. Seus comparsas incluem um homem com mãos de gancho, um careca de nariz comprido, duas mulheres de cara branca, um homem com verrugas na cara e até uma pessoa gorda que não parecia homem nem mulher.

No entanto, depois de os irmãos terem preparado a massa à puttanesca, Olaf reclama que ele queria rosbife, e ficou tão furioso com a incompetência das crianças que dá um tapa com força em Klaus. Os Baudelaire decidem visitar o sr. Poe no banco, a fim de obter ajuda.

Eles vão, na manhã do dia seguinte, até a Administração de Multas na Zona Bancária da cidade para falarem com o sr. Poe. Infelizmente, porém, o sr. Poe explica às crianças que Olaf é capaz de agir in loco parentis, e pode educá-los à sua própria maneira.

Olaf logo depois descobre que os irmãos visitaram o sr. Poe. Ele faz café-da-manhã adequado, e, aparentemente, pede desculpas a eles devido ao seu comportamento maldoso. Ele informa-lhes que está preocupado com o desempenho da sua trupe ultimamente, e dá às crianças papéis para interpretarem no seu próximo teatro, chamado "O Casamento Maravilhoso", uma peça escrita por Al Funcoot. Olaf iria fazer o papel do noivo, enquanto Violet iria interpretar a noiva, Klaus e Sunny fariam parte da plateia aplaudindo e a Juíza Strauss seria a juíza do casamento.

As crianças desconfiam das ações de Olaf, achando que a peça de teatro não é apenas uma encenação, portanto, tentam descobrir o que ele está tramando. Klaus pede emprestado um livro sobre leis da biblioteca de Strauss intitulado "Direito Nupcial", e passa a noite toda lendo-o para achar um jeito de descobrir o que Olaf estava planejando. Eventualmente, ele fica sabendo o planos de Olaf, que pretendia se casar de verdade com Violet para conseguir a posse real e legítima da fortuna da família. Isto seria possível fazendo os votos de casamento e assinando um documento na presença da Juíza Strauss, que era um juiz legal (não apenas uma atriz interpretando uma juíza).

Na manhã seguinte, Klaus informa Olaf que descobriu tudo, pouco antes de perceber que Sunny havia sido raptada por ele e mantida presa em uma gaiola do lado de fora da janela de sua torre. Se Violet não concordasse em se casar com o conde, ele atiraria a gaiola lá de cima lançando Sunny para a morte. Naquela noite, a fim de libertar Sunny, Violet inventa um arpéu (espécie de gancho) para escalar a torre pelo lado de fora. Ela consegue chegar ao topo, mas o comparsa de Olaf com mãos de gancho a pega, e trancafia-a na torre também.

A noite seguinte chega e todos vão ao teatro encenar. A peça, uma vez iniciada, tem toda sua trama previsível desenrolada, com Violet forçada a fazer sua parte e dizer seus votos. Quando termina, o conde Olaf anuncia o seu plano para o público na plateia, que ficam indignados. Sunny é devolvida em segurança. Neste ponto, Violet revela que não havia assinado o documento com a sua "própria mão", pois havia assinado com a mão esquerda - Violet é destra. Juíza Strauss concorda e declara que o casamento é inválido.

Um capanga de Olaf desliga as luzes do teatro, deixando tudo no escuro, e Olaf, infelizmente, foge em um carro com sua trupe, mas não antes de sussurrar para Violet que ele irá persegui-los até apossar-se de sua fortuna, e em seguida matá-los com suas próprias mãos. Logo depois, a Juíza Strauss afirma que está disposta a adotar os Baudelaire, mas é interrompida pelo sr. Poe, que diz um parente deveria cuidar deles, pois era a vontade dos pais dos órfãos. Eles entram no carro do sr. Poe para ir à morada de seu novo tutor, deixando para trás a amigável juíza.

Personagens Editar

Personagens introduzidos Editar

Carta ao leitor Editar

A carta de Lemony Snicket ao leitor, na parte de trás do livro, é a seguinte:

Caro Leitor,
Sinto muito dizer que o livro que você tem nas mãos é bastante desagradável. Conta a infeliz história de três crianças muito sem sorte. Apesar de encantadores e inteligentes, os irmãos Baudelaire levam uma vida esmagada por aflições e infortúnios. Logo no primeiro capítulo as crianças estão na praia e recebem uma trágica notícia. A infelicidade segue os seus passos, como se eles fossem ímãs que atraíssem desgraças.
Neste pequeno volume, os três jovens têm que lidar com um repulsivo vilão dominado pela cobiça, com roupas que pinicam o corpo, um incêndio calamitoso, um plano para roubar a fortuna deles e mingau frio servido como café da manhã.
É meu triste dever pôr no papel essas histórias lamentáveis. Mas não há nada que o impeça de largar o livro imediatamente e sair para outra leitura sobre coisas alegres, se é isso que você prefere.
Respeitosamente,
Assinatura.gif
Lemony Snicket

Dedicação à Beatrice Editar

Para Beatrice —
querida, adorada, morta

Prenúncio Editar

Imagem final Editar

Na imagem final de Mau Começo, Juíza Strauss é mostrada na entrada do teatro, que realizou a exibição de "O Casamento Maravilhoso", acenando para os Baudelaire que estavam indo embora no carro do sr. Poe. No canto inferior esquerdo, uma serpente, cuja cauda está enrolada em torno de um poste de luz, assiste à cena, dando a pista do próximo livro: A Sala dos Répteis.

Carta ao editor Editar

A carta de Lemony Snicket ao editor, no final do livro, é a seguinte:

Ao Meu Amável Editor,
Escrevo-lhe da sede londrina da Sociedade Herpetológica, onde estou tentando descobrir o que aconteceu com a coleção de répteis do dr. Montgomery Montgomery após os trágicos acontecimentos ocorridos quando os órfãos Baudelaire se achavam sob sua guarda.
Um de meus colegas porá uma pequena caixa à prova d'água na cabine telefônica do Hotel Elektra às onze da noite, na próxima terça-feira. Retire-a, por favor, antes da meia-noite, para evitar que caia em mãos erradas. Na caixa encontrará minha descrição desses terríveis acontecimentos, intitulada A Sala dos Répteis, bem como um mapa do Mau Caminho, uma cópia do filme Zumbis na neve e a receita do dr. Montgomery para o bolo com creme de coco. Consegui também localizar um dos poucos retratos do dr. Lucafont, para servir de ajuda às ilustrações do sr. Helquist.
Lembre-se, o senhor é minha última esperança de que as histórias dos órfãos Baudelaire sejam finalmente contadas ao grande público.
Respeitosamente,
Assinatura.gif
Lemony Snicket

Curiosidades Editar

  • O sobrenome "Baudelaire" é uma homenagem a Charles Baudelaire, um poeta cujo trabalho mais famoso é "As Flores do Mal".
  • O nome de Beatrice Baudelaire, a mãe dos órfãos, provavelmente veio do poema de Charles Baudelaire, "La Béatrice".
  • Klaus e Sunny Baudelaire compartilham seus nomes com Claus e Sunny von Bülow, que estavam envolvidos em um caso judicial famoso da década de 1980, e a promotora que defendeu Claus chamava-se Violet.
  • O nome de Violet também é possivelmente uma referência a um crime famoso, ela compartilha seu nome com Violet Sharpe, uma suspeita de sequestro.
  • O nome do sr. Poe é uma referência ao escritor e poeta Edgar Allan Poe.
  • Os filhos do sr. Poe, Edgar e Alberto, podem ser uma referência à Edgar Allan Poe, e também ao poeta americano Edgar Albert Guest.

Mais da comunidade Wikia

Wiki aleatória